Bancada deve priorizar obras do Eixo Piancó, Hospital de Santa Rita e incluir novo Hospital em Patos

0
62

A bancada federal paraibana deve priorizar projetos hídricos e de saúde nas emendas destinadas ao Estado junto ao Orçamento da União de 2018. Na noite da última terça-feira (17), deputados e senadores iniciaram as discussões sobre o tema. Entre as propostas apresentadas estavam às obras do Eixo Piancó da Transposição do Rio São Francisco, além de recursos para manutenção do Hospital Metropolitano, em Santa Rita, e a possibilidade de construção de um novo Hospital em Patos. Na manhã desta quarta (18), os parlamentares ainda se reuniram com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues.

“Nossa prioridade deve ser basicamente essas duas áreas, tanto de recursos hídricos e custeio para atenção básica de saúde nos municípios. Vamos bater o martelo possivelmente nesta quarta-feira (18) quando nos reuniremos com representantes do Governo do Estado e de algumas prefeituras como as de Campina Grande e Patos”, destacou o coordenador da bancada na Câmara dos Deputados, Wilson Filho (PTB), lembrando que a reunião com os prefeitos será às 18h.

De acordo com o coordenador, outros pontos também foram discutidos como a duplicação da BR-104 que liga os municípios de Queimadas a Campina Grande e Campina a Lagoa Seca; a duplicação da rodovia que liga Cajazeiras a Sousa; obras em Campina Grande e perfurações de poços por todo o Estado.

Além de Wilson Filho, participaram da reunião os deputados Pedro Cunha Lima (PSDB), Hugo Motta (PMDB), André Amaral (PMDB), Wellington Roberto (PR), Efraim Filho (DEM), Luiz Couto (PT) e Dr. Damião (PDT), além dos representantes dos senadores José Maranhão (PMDB), Cássio Cunha Lima (PSDB) e do deputado Rômulo Gouveia (PSD).

Também estavam presentes na reunião, o secretário de Planejamento do Estado, Waldson Sousa; Secretário adjunto de Representação Institucional, Adalto Fernandes; O secretário adjunto de Recursos Hídricos, Deusdete Queiroga; e a presidente do Porto de Cabedelo, Gilmara Timóteo.

O parlamentar reforçou a importância da destinação de emendas para o setor hídrico da Paraíba. “São centenas de municípios em estado de calamidade por conta da seca. É preciso ter sensibilidade para reforçarmos os investimentos nessa área em nosso Estado. Temos que tirar do papel as obras do Ramal Piancó, também conhecido como o terceiro braço da transposição na Paraíba”, afirmou Wilson Filho.

As emendas – Cada bancada estadual pode apresentar de 15 a 20 emendas de apropriação, de acordo com o número de parlamentares, e até três emendas de remanejamento. Entre as emendas de apropriação, até duas são de execução obrigatória, no valor total de até R$ 162.494.991 por bancada.  A emenda de bancada estadual, conforme lembrou Wilson Filho, deve ter interesse estadual e caráter estruturante.

Campina Grande – Na manhã desta quarta-feira, os parlamentares se reuniram com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) e o vice-prefeito, Enivaldo Ribereiro (PP). Na reunião, o gestor apresentou algumas prioridades do município para as emendas do próximo ano, a exemplo do Plano de Mobilidade Urbana da cidade.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here