Ministro dos Transportes informa que prazo para conclusão da 3ª faixa será de três anos

0
83

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, realizou visita técnica, nesta segunda-feira (5), às obras da implantação da terceira faixa na BR-230, entre os municípios de Cabedelo e João Pessoa. Ele informou que todos os problemas existentes que estavam atrasando a intervenção foram sanados e está mantido o prazo de três anos para que tudo seja concluído.

“Nós tivemos um atraso por conta da demora da retirada dos postes pela concessionária de energia local e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) teve que ir à Justiça para que fosse definido um cronograma. Também tivemos problemas com a licença ambiental, mas tudo já foi resolvido e o consórcio responsável disse que depois da retirada dos postes e árvores, esse tempo perdido pode ser recuperado”, disse o ministro.

O coordenador da bancada federal paraibana, o deputado federal WilsonFilho (PTB), foi o autor da emenda de bancada ao Orçamento Geral da União que garantiu a realização da obra. Ele acompanhou a visita técnica, destacou a importância da obra para a mobilidade urbano da grande João Pessoa e afirmou que a vinda do ministro é a garantia de que não faltarão recursos para essa obra que é prioridade para o Governo Federal.

A visita técnica contou com a participação de deputados federais e estaduais, senadores e representantes do Dinit. Eles visitaram o canteiro de obras, percorreram a via e conversaram com os responsáveis pelo consórcio que realiza a intervenção. Discutiram as dificuldades encontradas e tiveram mais detalhes sobre a execução da obra.

Valor – O custo total dos serviços está estimado em R$ 255.499.965,86. Já foram garantidos R$ 159 milhões. A implantação da terceira faixa na BR 230, no trecho entre Cabedelo e o bairro de Oitizeiro, na Capital, tem o objetivo de adequar à capacidade de tráfego da via a realidade atual, que conta hoje com um trânsito diário de aproximadamente 35 mil veículos em cada sentido.

Infraestrutura – Serão construídos 13 viadutos e 14 passarelas e estão previstos o alargamento de plataforma e de acostamentos ou duplicação da pista, além de implantação de ciclovias. As obras serão realizadas entre o KM-0 e KM-28 da BR-230, em uma extensão de 26,60 quilômetros.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here